Mau hálito – será que tem solução?

Mau hálito – será que tem solução?

Você já foi surpreendido por alguém que disse que sentiu um mau hálito em você?
Provavelmente sim. Talvez você tenha até perdido namorada(o) ou uma vaga de emprego por este simples motivo.
Este assunto delicado é embaraçoso para muitas pessoas, mas temos que enfrentá-lo.
Precisamos falar sobre ele pois estamos predispostos a várias situações causadoras desta entidade clínica.

Halitose vem do latim halitu que significa ar expirado e ose alterado. halitose

É um problema tão antigo quanto a origem do homem. Estudos mostram que 40% da população mundial tem ou já teve.

Temos descritos mais de 50 causas de halitose e precisamos desmitificar que não é o estômago a principal causa do mau hálito, como muitos pensam.

Somente médicos gastroenterologista, otorrinolaringologistas e dentistas bem treinados poderão ajudar os pacientes a solucionar o problema.

CAUSAS

A causa mais comum são as alterações fisiológicas como a halitose matutina (uma boa escovação matinal já resolve), longos períodos de jejum, alterações da língua (camada espessa chamada saburra lingual) e até mesmo exercícios muito vigorosos.

Existem também causas orgânicas como: cáries, doenças nas gengivas, lesões e até mesmo cânceres bucais como causas de origem bucal.

Doenças de vias aéreas superiores como sinusites, faringites e amigdalites como prováveis causadores, sendo o caseum (restos alimentares presos nas amígdalas) um dos principais causadores.
Doenças renais, hepáticas ou metabólicas como o diabetes têm cheiros característicos no ar expirado pelo paciente. Profissionais bem treinados são capazes de distingui-los.

Vários alimentos eliminam odorivetores (cheiro característico) sendo o campeão o alho.

Alguns medicamentos também exalam cheiro característico. Por isso fique de olho se o sintoma aparecer após começar a fazer uso de antialérgicos, diuréticos, laxantes, vitamina do complexo B e vários tipos de calmantes e anti-depressivos.

A higiene oral deve ser rigorosa e assistida principalmente na infância pois os pequeninos não a fazem por completo. Devemos usar raspadores específicos para a língua ou usar a própria escova de dente com cuidado e não esquecer o fio dental para retirar restos entre os dentes.

COMO TRATAR 

A boa alimentação previne e ajuda na limpeza de restos alimentares bucais, como comer uma deliciosa maçã.

Você pode aumentar a ingestão de água para o bom funcionamento das glândulas que produzem saliva.

Alguns alimentos ajudam a evitar o mau hálito como a maçã, cenoura e pepino crus (fazem uma limpeza do acúmulo de bactérias),  a laranja pela estimulação salivar, o gengibre pois melhora a digestão, a salsinha que possui ação bactericida e combate o odor, o iogurte natural que diminui os níveis de gás sulfídrico que causa o mau hálito e a canela em pau que é considerado um antisséptico natural.

Alimente-se bem e cuide da sua saúde bucal como medida de autocuidado diário e não somente temporária.comer-maça-verde_14456_250_375

.Um abraço e um hálito fresquinho da Dra Fabiana Alves, médica gastroenterologista.

Contato e currículo completo clique aqui http://circulosaudavel.com.br/convencionais/

1 Comentário

  1. Rose disse:

    Belíssima materia sobre Mau Hálito.
    Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *