Fígado Gorduroso: por que isso acontece?

Fígado Gorduroso: por que isso acontece?

Precisamos conhecer um assunto muito comum na saúde que é o Fígado Gorduroso, sinônimo de Esteatose hepática não alcoólica, doença benigna mais comum do fígado sem relação ao consumo de bebida alcoólica.

Existe uma relação direta entre obesidade, aumento de triglicerídeos e resistência ao hormônio insulina produzido no pâncreas. Atinge cerca de 20 a 30% indivíduos com peso normal e 70 a 80% dos obesos.

Nos Estados Unidos há cerca de 60 milhões de americanos com este problema de saúde e hoje verifica-se um aumento no Oriente devido mudanças nos hábitos, como maior consumo de alimentos industrializados e sedentarismo.

.

dieta-figado-gordura

O QUE FAVORECE O APARECIMENTO?

– Diabetes

– Obesidade

– Cirurgias bariátricas para redução de peso

– Uso de vários medicamentos

– Quadros de desnutrição

A ESTEATOSE PODE SE TORNAR UM CÂNCER DE FÍGADO?

Somente a minoria dos casos é que desenvolverão cirrose e câncer de fígado, pois fatores genéticos e ambientais influenciam.

ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL

Médico e nutricionista são importantes para o controle laboratorial e orientar mudanças dietéticas e de hábitos diários afim de se obter a não progressão da doença ou a remissão do quadro.

CUIDE DO TRIGLICERÍDEOS

O desejável é abaixo de 150mg/dl.

COMO REDUZIR O NÍVEL DE TRIGLICERÍDEOS?

Evitar carboidratos: pão (farinha branca), macarrão em excesso, refrigerantes, doces, bebidas alcoólicas, carnes gordurosas, frituras , frutos do mar, embutidos, leite integral e derivados..

ALIMENTOS BENÉFICOS NO TRATAMENTO DO FÍGADO GORDUROSO

Limão, berinjela, peixes de água fria (atum, sardinha , salmão), nozes e a mais interessante a farinha de feijão branco (por conter um composto chamado faseolamina).

Nos últimos congressos médicos a abordagem para tratamento desta doença foca principalmente em associar exercícios aeróbicos (como caminhada, corrida, bicicleta e hidroginástica) e exercícios para ganho de massa muscular.

A triste realidade é que apenas 20% dos pacientes que iniciam o tratamento e acompanhamento do fígado gorduroso continuam após 2 anos.  Você pode ajudar a aumentar este número!

dieta

.

Texto escrito pela Dra. Fabiana Alves, médica gastroenterologista.
Contato e currículo completo acesse http://circulosaudavel.com.br/convencionais/

 

1 Comentário

  1. veni Domingues disse:

    Muito bom esse ensinamento.
    Fígado fonte das nossas emoções.
    Vou passar essa matéria para muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *