Conceitos

Tratar do ser humano como um todo

Medicina Integrativa é a prática da medicina que reafirma a importância da relação entre o paciente e o profissional de saúde, ela é focada na pessoa em seu todo, é informada por evidências e faz uso de todas as abordagens terapêuticas adequadas, profissionais de saúde e disciplinas para obter o melhor da saúde e cura (Consortium of Academic Health Centers for Integrative Medicine, EUA ).

De acordo com o dicionário, medicina significa a “arte de curar”, “a arte e ciência de evitar ou curar doença, ou de paliar seu(s) efeito(s)”. De acordo com Hipócrates, pai da medicina, o conhecimento do corpo é impossível sem o conhecimento do homem como um todo. O corpo é uma unidade viva, que a “natureza” de cada um regula e harmoniza.

A Medicina Integrativa resgata a capacidade inata de saúde de cada indivíduo. Somos capazes de participar ativamente auxiliando os procedimentos médicos e remédios, quando necessários. Cura em Medicina Integrativa, não é apenas a ausência de doença e sim o restabelecimento do bem estar dos aspectos que têm significado para o indivíduo: físico, mental, emocional, espiritual e social.

Dentro dessa visão integrada em saúde as opções de tratamento se expandem e a pessoa, orientada pelo profissional capacitado, pode escolher as terapias que mais se adequam ao perfil e ao momento.

A Medicina Integrativa alia os conhecimentos da medicina convencional aos conhecimentos tradicionais de diferentes culturas que tenham comprovação científica quanto a segurança e eficácia em prol do bem estar do indivíduo. Assim práticas como ioga, meditação, massagem, acupuntura, musicoterapia entre outras auxiliam na reorganização e restabelecimento do equilíbrio vital do organismo.

SAIBA_MAIS
slide_saiba_mais
slide_saiba_mais_2
medicina_2