Amamentação e a relação do bebê com o mundo

A amamentação e o toque com o bebê são importantes para a relação que ele vai estabelecer com o mundo externo.

 

AMAMENTAR
…é a arte de enamorar-se….de perder-se no outro…da mistura…isto é AMAMENTAR.
Ao amamentar a mãe está oferecendo, juntamente com o seu leite nutritivo, o alimento
psíquico e emocional que irá facilitar, ao seu bebê, estabelecer a base da confiança em si
mesmo e no mundo.
Amamentar é parar o tempo externo e vivenciar o tempo interno, que é percebido pelo bebê
através do ritmo do coração e da respiração da mãe.

É tempo de reconhecimento… de olho no olho..de exploração deste prolongamento, chamado mãe.

É comunicação… a mais sublime comunicação.

É constituir-se através do olhar do outro.

É através do olhar da mãe que o bebê se reconhece como sendo amado e muito especial.
É comunicação … simplesmente juntos…desfrutando, calmamente, de estar ali…mãe e bebê,
uma única via de expressão.

Tem o peito que se oferece e a boca que recebe…harmoniosamente…tranquilamente.

É a dupla desfrutando.

É o alimento precioso, psiquicamente, que vai sustentando o “vir a ser”, a continuidade para
o bebê. É o alimento jorrando quentinho de calor, conforto, segurança e confiança.

 

ACONCHEGO

É um momento especial… de aconchego, para ambos, de segurança e de conforto para o
bebê.

Ele vivência estas sensações no corpo, pela maneira como a mãe o segura e o aninha
em seus braços. Uma vez “aninhado” o foco de visão dele fica sendo o peito e o rosto, da mãe. Ele então poderá sentir o calor do aconchego e fazer o reconhecimento dos batimentos cardíacos, da respiração e da voz, tantas vezes ouvidos, no útero.
É tudo que precisa para sentir conforto, segurança e a certeza de que é amado.

É como se ele dissesse: “Ah, o mundo é maravilhoso… eu não preciso e na verdade eu nem sei que
existe o ‘reagir’…eu me entrego…eu e minha mãe somos uma coisa só”.

Assim, não há rupturas, descontinuidades no vir a ser do bebê e sim continuidade.

 

SEGURANÇA

Ele então passa a acreditar que pode confiar, se entregar que estará em segurança.
A continuidade é fundamental para um desenvolvimento psíquico sadio.
A qualidade da amamentação está na qualidade de presença da mãe, portanto esta relação
também ocorre quando o bebê é alimentado através da mamadeira.
Amamentar é muito mais que oferecer o leite. É estar disponível, calmamente, para ser
encontrada pelo seu bebê. É corresponder a este estado de enamoramento.

É construir uma base segura e confiável para o desenvolvimento psíquico
emocional, possibilitando o desenvolvimento saudável corpo-mente-espírito.

 

A MÃE
Já na gestação é muito importante que a futura mamãe seja orientada e preparada para o
aleitamento materno.
A mãe está sujeita as influências, tanto do meio externo quanto do seu mundo interno.
Cuide para que este espaço, tão importante, aconteça e seja especial todas as vezes que
você for amamentar seu bebê.
Se algo estiver causando ruídos nesta comunicação mãe-bebê procure uma ajuda
profissional.

O estado emocional faz toda a diferença para que seu bebê receba as qualidades de nutrientes que estão embutidas, em cada mamada.
Desfrute….você tem todo o tempo do mundo, dentro do tempo necessário, para amamentar
o seu bebê.
FAÇA DA AMAMENTAÇÃO UM ENCONTRO!

 

 

Texto escrito pela psicóloga Célia Koike,

coordenadora do Projeto Vir a Ser.

O contato e currículo da profissional você encontra aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

X