Alimentação vegetariana e equilíbrio nutricional

Alimentação vegetariana e equilíbrio nutricional

Uma dieta adequada é aquela que fornece todos os nutrientes necessários para a manutenção da saúde, sem falta nem excessos. Como em qualquer dieta, a adequação nutricional dependerá da escolha dos alimentos que fornecem esses nutrientes. Alimentação vegetariana e vegana bem planejada, são adequadas a todos os estágios do ciclo vital, inclusive durante a gravidez e a lactação.

Além disso, a dieta pode ser muito mais saudável, pois contem fitoquímicos e pré-bióticos, que são diversos compostos presentes naturalmente nos alimentos vegetais. Esses compostos modulam funcionamento celular, ajudam a promover a saúde e a prevenir doenças no organismo.

Quanto às proteínas vegetais, podemos dizer que, devido ao menor teor de alguns aminoácidos específicos em diversos alimentos vegetais, falam-se muito em complementação desses aminoácidos através de combinações diferentes alimentos.

Como por exemplo, enquanto os alimentos dos grupos dos grãos (cereais) contem menos lisina, as leguminosas (feijões) têm maior quantidade desse aminoácido. Da mesma forma, as leguminosas oferecem pouca metionina, que é abundante no grupo dos grãos. Assim, podemos dizer que os alimentos do grupo dos grãos (cereais) completam os do grupo das leguminosas.

No entanto, estudos mostram que não há a necessidade desses dois grupos serem consumidos juntos, por exemplo, podemos utilizar no almoço o feijão e no jantar o arroz ou vice versa, o importante é atingir a quantidade diária necessária de todos os aminoácidos. Isso pode e deve ser feito ao longo do dia.

A dieta vegetariana é estrita ou restrita?

Algumas pessoas pensam que, devido ao fato e menos grupos alimentares serem utilizados no cardápio vegetariano, a dieta se torna mais pobre. Isso não é verdade. Os alimentos usados para a obtenção dos nutrientes num adieta vegetariana são muito mais diversificados do os utilizados por onívoros. Isso demonstra que a dieta vegetariana não é restrita.

Existem cuidados especiais ao se adotar a dieta vegetariana. Na dieta ovolactovegetariana e na lactovegetariana, todos os nutrientes pode ser obtidos adequadamente sem suplementação nenhuma. Na dieta vegetariana estrita ou Vegana, a vitamina B12 é o único nutriente que pode estar insuficiente e ser necessário a suplementação.

Como favorecer a biodisponibilidade das proteínas, minerais e vitaminas?

• Deixar as leguminosas: grão de bico, soja, feijões em geral de molho de 12-24 horas, trocar a água pelo menos 2x, para diminuir os fitatos;

• Se for fazer leite com sementes também deixar as sementes de molho. Ex: leite de amêndoas;

• Para aumentar a absorção de ferro, consumir feijões, vegetais verdes escuros, junto com alimentos ricos em vitamina C: limão, abacaxi, tomate, etc., alimentos com acido málico: maçã, betacaroteno: abobora, cenoura, mamão, manga.

• Evitar consumir alimentos ricos em taninos, chocolate, chá preto, café, juntos ou alimentos ricos em cálcio com refeições com alimentos ricos em ferro . Ex: chocolate na sobremesa, café, chá preto ou sorvete, pudim, etc., eles inibem a absorção ferro; Consumir longe dessas refeições, pode ser no lanche da tarde;

• Para fornecer nutrientes para o organismo é fundamental ter nas refeições todos os grupos de nutrientes, carboidratos: mandioquinha, mandioca, batata doce, arroz integral, pão integral, quinoa, aveia,amaranto, esses são os mais saudáveis; proteínas vegetais e minerais: todos os feijões, ervilha, tofu, sementes, castanhas, gorduras; coco, óleo de coco, azeite, abacate, óleo de linhaça; vitaminas: frutas, hortaliças; as fibras estão em todos os vegetais, só não é encontrada nos óleos.

.

frutas

.

Texto retirado do livro “Alimentação sem carne”. Autor Eric Slywitch.

Indicado pela nutricionista Tânia de Oliveira. CRN 25621

Para contato da profissional clique aqui http://circulosaudavel.com.br/convencionais/

2 Comentários

  1. O exercício é uma ótima maneira de elevar o HDL. Pessoas que tiveram um ataque cardíaco podem reduzir seu risco de morte em 25 com exercício em comparação com os cuidados habituais,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *